Intermediários

Processos, ferramentas e ambientes para objetivos subjetivos

O que é invisível a nós? Que coisas escapam aos cinco sentidos, que estão presentes mas não podem ser definidas? Ou seria a pergunta, o que é o invisível?

Um objeto é comum. Porém quando é portador de um poder, o que passa a ser? Um talismã, uma arma, um instrumento? O poder transforma o objeto em um veículo, uma ferramenta que permite ao seu operador realizar o objetivo proposto. Igualmente, uma área quando designada e delimitada passa a ser o espaço que possibilita o acontecimento do objetivo proposto. E interessam também os espaços de fronteiras pouco definidas, como são os espaços emocionais e espirituais, da mesma forma os dos sonhos e os das fantasias. Espaços estes que são abstratos e impalpáveis, que se permeiam e se confundem entre si, onde entramos e de onde saímos constantemente sem nos dar conta.

Os objetos-espaços atuam entre o físico, o psicológico, o emocional e o invisível. São intermediários e como tal passam a depositários de possibilidades, poderes e anseios. Pontuam o silêncio. São ações poéticas que existem no vazio entre as continuidades.

Rodrigo Cardoso, 2006

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Viagem de caiaque entre Rio e Santos chega à Praia Vermelha do Sul no litoral de São Paulo

Nosso amigo Bruno Fitaroni, depois de enfrentar um vento WSW muito forte, desvia pra a costa e desembarca em segurança na Praia Vermelha do Sul.

QUARTA, DIA 27/7.
ILHA DAS COUVES-PR. VERMELHA DO SUL (LOGO APÓS PT. GROSSA).
21,4 KM EM 3:32HS. VEL. MED. 6KM /H, VEL. MAX.11,8 KM/H.
HORA CHEGADA 13:33HS.
MANHÃ LINDA DE SOL. POUCO VENTO (E) E ONDAS A FAVOR (SSE).
MUDANÇA DE CURSO DIRETO PARA CANAL DA I. ANCHIETA.
PASSAVA BEM LONGE DA COSTA QUANDO VENTO RODOU E ENTROU WSW MUITO FORTE DIMINUINDO VELOCIDADE PELA METADE (3,5KM/H) E ME FORÇANDO A BUSCAR ABRIGO NA PR. VERMELHA DO SUL.
PRAIA COM ONDA MAS BOA PARA PERNOITE.
DESEMBARQUE UM POUCO DIFÍCIL. PRIMEIRO ROLAMENTO DA VIAGEM NA ARREBENTAÇÃO.
AMANHÃ PR. DO CEDRO.
SAUDAÇÕES DO MAR.
FITARONI.
Ilhas das Couves - Praia Vermelha do Sul
Depois de receber a mensagem nos falamos por telefone.
- E aí, Bruno, como estão as coisas?
- Tudo certinho. Tô na Praia Vermelha. Estava indo pra Ilha anchieta e de repente começou a soprar um SW brabo, tive que mudar o curso.
- Esse vento não estava previsto...
- Tava não...
- Essa Praia Vermelha do Sul é a mesma que a do Centro?
- É. Aqui chamam Praia Vermelha do Centro, mas na carta está do Sul.
- Vi que rolou no desembarque...
- Foi. Tava indo direitinho e de uma hora pra outra, vupt! Mas desvirei logo. No quebra côco é que entrou água e muita areia. deu um certo trabalho pra limpar o caiaque...
- Mas tem muita onda?
- Tem. É uma praia de surfistas. Só quero ver como vou sair daqui amanhã...
- Sai pelo lado onde os barcos estão fundeados.
- Não tem barco fundeado aqui, não.
- Nesse caso...
- Vou me virar.
- Mas desvira logo. Tô mandando a previsão do tempo, dá uma olhada. Vou mandar a de sexta também.
- Beleza.
- Firme no remo!
- Firme!
- Amanhã  a gente se fala de novo.
- Ok, abração.
- Abração. Vai descansar.
- Valeu.
Praia Vermelha do Sul
"Previsão windguru ilha bela p 5ª feira, 28/7:
hora/vv/dv/ho/do
3/4//n/1.2/e
6/3/n/1.2/e
9/4/nne/1.2/e
12/5/e/1.1/e
15/8/e/1.1/e
18/9/ene/1.1/e
21/8/ne/1.2/e
Rajadas de 4 nós pela manhã, sobe p 10  12 a partir de 13hs.
Praia Vermelha do Sul
Previsão para sexta, 29/7:
Ventos mais fortes: 9 nós, com rajadas de até 13 nós vindas de NW e virando p N às 12hs e NE ás 13hs.
Ondas de ESE, 1.2m."

Nenhum comentário:

Postar um comentário