Intermediários

Processos, ferramentas e ambientes para objetivos subjetivos

O que é invisível a nós? Que coisas escapam aos cinco sentidos, que estão presentes mas não podem ser definidas? Ou seria a pergunta, o que é o invisível?

Um objeto é comum. Porém quando é portador de um poder, o que passa a ser? Um talismã, uma arma, um instrumento? O poder transforma o objeto em um veículo, uma ferramenta que permite ao seu operador realizar o objetivo proposto. Igualmente, uma área quando designada e delimitada passa a ser o espaço que possibilita o acontecimento do objetivo proposto. E interessam também os espaços de fronteiras pouco definidas, como são os espaços emocionais e espirituais, da mesma forma os dos sonhos e os das fantasias. Espaços estes que são abstratos e impalpáveis, que se permeiam e se confundem entre si, onde entramos e de onde saímos constantemente sem nos dar conta.

Os objetos-espaços atuam entre o físico, o psicológico, o emocional e o invisível. São intermediários e como tal passam a depositários de possibilidades, poderes e anseios. Pontuam o silêncio. São ações poéticas que existem no vazio entre as continuidades.

Rodrigo Cardoso, 2006

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Canoagem no Mar: Rádios VHF

Do fórum do CCC:


Amigos, vocês têm portado rádios vhf durante longas travessias? se sim, que modelo e potência vocês sugerem?
Obrigado
André
------------------------------------
Olá André, eu uso quase sempre.
Como remo em uma Hidrovia (Tietê - Paraná) com trafego bastante intençãode empurradores, dragas e chatas em um espaço relativamente pequeno, o radio se torna bastante útil para comunicados com embarcações, portos, marinas, eclusa, marinha... 
Uso um bem simples, de 5W maritimo da marca Midland, fala bem. Conheço pessoas que usam Radios VHF abertos, mas para operar é necessario prova da Anatel e "indicativo".
Fábio
---------------------------------------------
Oi André!
Tem várias marcas de VHF marítimo no Brasil, as mais comuns Uniden, Icom e Standard Horizon.
Em SP, perto do centro, rua santa efigencia, 611  tem uma galeria que só mexe com rádios VHF e eles enviam pra qualquer lugar.
Eles tem preços muito bons, mesma coisa que vc pagaria lá fora. Já comprei 2 rádios lá.
Algumas lojas:
Bravo Victor, loja 5, 011 33370455
Radio Comunicação, loja 7, 011 3331 1381
Star e Power, loja 11, 011 3222 6867, 33378386
Tecnorama loja 12, 011 33336627 , 33211896
Precisaria verificar lá, pois essas lojas mudam sempre. Só jogar na internet o endereço da galeria que aparece um monte.
As vezes eles vendem no mercado livre tb
T+
Fuchs

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Expedição Ubatuba - Rio de Janeiro em Caiaque oceânico: vídeo do treino Urca - Barra - Urca





Le Vent Nous Portera
Noir Desir

Je n'ai pas peur de la route, faudra voir, faut qu'on y goûte
Des méandres au creux des reins et tout ira bien, le vent l'emportera
Ton message à la grande ourse et la trajectoire de la course
A l'instantané de velours même s'il ne sert à rien, le vent l'emportera

Tout disparaîtra, le vent nous portera

La caresse et la mitraille et cette plaie qui nous tiraille
Le palais des autres jours, d'hier et demain, le vent les portera
Génetique en bandoulière des chromosomes dans l'atmosphère
Des taxis pour les galaxies et mon tapis volant, dis, le vent l'emportera

Tout disparaîtra, le vent nous portera

Ces parfums de nos années mortes, ceux qui peuvent frapper à ta porte
Infinité des destins, on en pose un, qu'est-ce qu'on en retient ?
Le vent l'emportera
Pendant que la marée monte et que chacun refait'ses comptes
J'emmène au creux de mon ombre des poussières de toi
Le vent les portera

Tout disparaîtra, le vent nous portera.

domingo, 9 de dezembro de 2012

Cartas Náuticas: Medir distâncias usando a escala de latitudes

Imagine um globo terrestre com uma lâmpada bem no centro. Em torno desse globo está enrolado um cilindro de papel em contato com o Equador. Quando acendemos a lâmpada, a imagem dos continentes aparece projetada no cilindro de papel. Isto é a Projeção de Mercator.
As cartas náuticas mais comuns no Brasil são feitas nesta projeção que tem como características manter a forma dos continentes, e, consequentemente, do contorno do litoral (conformidade), e representar meridianos e paralelos como linhas perpendiculares entre si, de maneira que uma reta qualquer ao cortar meridianos e paralelos determina com eles sempre o mesmo ângulo. Essas características são essenciais em navegação. 
Entretanto, a Projeção de Mercator, ao representar numa superfície plana o que estava numa superfície convexa, gera uma deformação das distâncias conforme se aproxima dos polos. É o que se chama "Latitudes Crescidas". Por isso, nos mapas, a Groenlândia parece ser tão grande quanto a Africa. Para saber mais sobre projeções cartográficas, veja aqui.