Intermediários

Processos, ferramentas e ambientes para objetivos subjetivos

O que é invisível a nós? Que coisas escapam aos cinco sentidos, que estão presentes mas não podem ser definidas? Ou seria a pergunta, o que é o invisível?

Um objeto é comum. Porém quando é portador de um poder, o que passa a ser? Um talismã, uma arma, um instrumento? O poder transforma o objeto em um veículo, uma ferramenta que permite ao seu operador realizar o objetivo proposto. Igualmente, uma área quando designada e delimitada passa a ser o espaço que possibilita o acontecimento do objetivo proposto. E interessam também os espaços de fronteiras pouco definidas, como são os espaços emocionais e espirituais, da mesma forma os dos sonhos e os das fantasias. Espaços estes que são abstratos e impalpáveis, que se permeiam e se confundem entre si, onde entramos e de onde saímos constantemente sem nos dar conta.

Os objetos-espaços atuam entre o físico, o psicológico, o emocional e o invisível. São intermediários e como tal passam a depositários de possibilidades, poderes e anseios. Pontuam o silêncio. São ações poéticas que existem no vazio entre as continuidades.

Rodrigo Cardoso, 2006

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Espécies exóticas invasoras

A Secretaria Estadual do Ambiente, através da Superintendência de Biodiversidade e Florestas e da DIBAP/INEA, vem trabalhando em parceria com o Instituto Biomas da UERJ, pesquisadores da UFRRJ e demais pesquisadores de instituições científicas, na construção de uma lista estadual de espécies exóticas invasoras.
No entanto, para a elaboração de uma lista oficial, entendemos ser necessário a participação dos demais técnicos e pesquisadores do estado que atuam ou pesquisam a temática. Nesse sentido, estamos disponibilizando para consulta pública uma lista preliminar elaborada por estes pesquisadores e técnicos da SEA e INEA, para a construção de uma lista estadual.
O documento em consulta pública que ora disponibilizamos, contem 174 espécies exóticas invasoras da flora e fauna terrestre, dulcícola e marinha em uma planilha, com instruções de preenchimento.
Para participar basta fazer o download do arquivo (planilha) com as espécies no site da SEA (http://www.ambiente.rj.gov.br/) ou do INEA (http://www.inea.rj.gov.br/), seguir as instruções que se encontram na própria planilha e, após, enviar as contribuições para o endereço eletrônico.
AGRADECEMOS DESDE JÁ A PARTICIPAÇÃO DE TODOS Prazo final para o envio: 8 de setembro de 2011
Maiores informações:
Telmo Borges – Superintendência de Biodiversidade e Florestas/SEA: 2334-5908 telmobsf@yahoo.com.br
Diana Levacov - DIBAP/INEA: 2332- 5721
diana.levacov@inea.rj.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário